Produção de elétricos e eletrônicos cresce 8,3% no 1º trimestre, diz Abinee

Estadão Conteúdo, Estado de Minas/EM, IstoÉ Dinheiro, IstoÉ, Terra, Diário do Sudoeste, Jornal do Oeste, Mercado News, Bem Paraná, Uol, GMC Online, Correio.rac, Gaúcha ZH, Meon, Bol, Folha Vitória, Repórter Diário, CGN, Mix Vale, Portal do Holanda, Tribuna Sertão, Dinheiro Rural, Diário Esportes, O Liberal, Broadcast, JorNews - 05/05/2021

A produção da indústria elétrica e eletrônica cresceu 8,3% no primeiro trimestre de 2021 em comparação com o igual período do ano passado, informou nesta quarta-feira, 5, a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee).

Este incremento, de acordo com a Abinee, contou com a elevação de 13,2% da área elétrica e do acréscimo de 3,2% da área eletrônica. Destaca-se que o crescimento de 17,2% na produção de bens da área eletrônica, no mês de março de 2021, foi suficiente para reverter a queda acumulada neste ano, que estava em 4% até o mês de fevereiro.

“Esse resultado positivo no primeiro trimestre deste ano contou, principalmente, com a elevação de 29,9% na produção de equipamentos de informática”, ressalta o presidente da Abinee, Humberto Barbato.

Cresceu também, de acordo com ele, a produção de instrumentos de medida, em 10,7%, e de equipamentos de comunicação, com alta de 5,3%. Por outro lado, recuou a produção de aparelhos para áudio e vídeo, com queda de 10,9%, e de componentes eletrônicos, em 5,7%.